História do Município - Portal da Prefeitura Municipal de Boa Saúde

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Município
HISTÓRIA DA CIDADE

O povoamento das terras que constituem o Município de Boa Saúde teve início na primeira metade do século XIX, com a expansão do território de São José de Mipibu. Documentos comprovam a existência de habitantes
na região, bem antes de 1859.
As famílias mais antigas, que se tem notícias, de terem residido no povoado situado na Data do Lerdo que deu origem a Boa Saúde são: Saca,Ferreira e Nunes. Pertencente a família Saca, Antônio Badamero muito contribuiu para a formação de Boa Saúde como carpinteiro, pedreiro e oferecendo arrancho aos tropeiros.
Com a chegada dos Cachoeira que teriam vindo do sertão da Paraíba e estabeleceram-se em várias partes do território, desenvolvendo a agricultura e a criação de gado, o povoamento tomou novo impulso.
Existe mais de uma versão quanto à origem do nome Boa Saúde. Uma de que romeiros teriam trazido a imagem de N.S.da Saúde, do Juazeiro no Ceará, e que a partir daí o povoado passou a chamar-se Boa Saúde. Outra, de que os Cachoeira teriam construído uma capela dedicada a N.S.da Saúde, depois que uma pessoa da família ficou curada após banhar-se no rio onde existia muito muçambê. E, ainda a mais provável, de que um viajante teria adoecido e ao ficar curado quando de passagem pela localidade, hospedado na casa de Antônio Badamero, teria exclamado: este é um lugar abençoado, um lugar de muita saúde.
Depois do ocorrido, Luiz Cachoeira mandou construir uma capela dedicada a N.S.da Saúde, cujo pedreiro foi Antônio Badamero. A imagem da santa teria vindo da Europa, o que é mais provável, pois o nome Boa Saúde já era citado em documentos de 1878, enquanto as romarias ao Juazeiro, no Ceará, se intensificaram onze anos depois, a partir de 1889.
No início da década de 1930, Boa Saúde passou a fortalecer-se como povoado, contando com uma concorrida feira. Com o desenvolvimento da cultura do algodão, chegou a possuir duas bolandeiras. As principais lideranças da época eram José Heronides da Câmara e Manoel Joaquim de Souza (Neco de Sinhá). Em 1935 foram construídos o mercado público, o grupo escolar e a cadeia. No ano seguinte passou a Zona Fiscal, sendo instalada uma agência arrecadadora e, em 1938 foi elevada à categoria de vila.
O movimento pela emancipação política foi iniciado no final da década de 1940, tendo como principais lideranças Antônio Augusto de Souza, Manoel Teixeira de Souza e Manoel Ribeiro de Andrade. A criação do município ocorreu em 11 de dezembro de 1953, com a denominação de Januário Cicco, em homenagem ao Dr. Januário Cicco, médico nascido em São José de Mipibu. Foi nomeado prefeito, o Tenente Adauto Rodrigues da Cunha.
A primeira eleição municipal foi realizada em 03/10/1954, sendo eleitos como primeiro prefeito constitucional Manoel Teixeira de Souza e como vice-prefeito José Batista Xavier. Depois de 37 anos como Januário Cicco, em 02/02/1991, o município passou a chamar-se Boa Saúde, atendendo a uma antiga reivindicação dos seus habitantes, alicerçada na tradição e na devoção a N.S. da Saúde.
Significado do Nome
 Em homenagem a padroeira Nossa Senhora da Saúde
Aniversário da Cidade
 11 de dezembro
CARACTERÍSTICAS
Clima 
O clima do Município de Boa Saúde é semi-árido
Temperatura Média
25,7 Cº
  
COMO CHEGAR
Saindo de Natal, pegar a BR 101, em seguida a BR 306 e depois a BR 226 até alcançar a RN 120 (próximo a cidade de Serra Caiada) por onde deve chegar a cidade de Boa Saúde.
Localização
O Município de Boa Saúde está localizado no Rio Grande do Norte, na Microrregião do Agreste Potiguar. A sede municipal fica a uma distância de 75 quilômetros de Natal, a capital do Estado. Está situada a uma altitude média de 104 metros acima do nível do mar e tem as seguintes coordenadas geográficas: 06o 06 00 latitude sul e 35º 32 54 longitude oeste.
Limites
A área total do Município de Boa Saúde é de 264 km2, correspondendo a 0,50% da superfície do Estado do Rio Grande do Norte.
Limites: Norte – Bom Jesus e Macaíba
Sul - Serrinha e São José de Campestre
Leste – Lagoa Salgada e Vera Cruz
Oeste – Serra Caiada e Sen. Elói de Souza
TURISMO
Principais Pontos Turísticos
- Igreja de Nossa Senhora da Saúde
- Praça Nossa Senhora da Saúde
- Poço da Pedra Grande
- Barragem Boa Saúde no rio Trairi
- Barragem de Guarani no rio Trairi
- Estádio Municipal Manoel Teixeira de Souza
- Espaço Cultural Vila de Boa Saúde
- Centro Comercial com Box do artesanato local
- Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro(Córrego de São Mateus)
- Igreja do Padroeiro São Mateus (Córrego de São Mateus)
- Casas de Farinha (Córrego de São Mateus)
 
EVENTOS
Janeiro/fevereiro: 
Festa de Nossa Senhora da Saúde - Uma tradição há mais de 130 anos. A Festa de Nossa Senhora da Saúde ou a Festa de 02 de Fevereiro, como é conhecida, é um dos maiores acontecimentos sócio-religiosos da Região do Trairi, no Rio Grande do Norte.
Durante todo o ano, as pessoas visitam a capela de Nossa Senhora da Saúde e pagam promessas. Mas é durante os dias 31 de janeiro, 01 e 02 de fevereiro que aumenta o número de devotos que acorrem à cidade de
Boa Saúde para participar da festa da sua padroeira, agradecendo graças alcançadas e pagando promessas. Os festejos começam, geralmente, no dia 24 de janeiro com uma carreata,saindo de uma cidade vizinha, trazendo a imagem de Nossa Senhora da Saúde em procissão. O novenário se prolonga até o dia 01 de fevereiro. O encerramento da festa ocorre no dia 02 de fevereiro com missa solene e procissão com a participação de cerca de 10 mil pessoas. Nos dias 31 de janeiro, 01 e 02 de fevereiro acontece a tradicional festa de rua com parques de diversão, barracas, entretenimentos diversos, apresentação de bandas
musicais e festas nos clubes.
A Festa de 02 de Fevereiro é uma tradição que se repete a mais de 130 anos, pois o documento mais antigo citando a localidade com o nome de Boa Saúde é datado de 22/06/1878.
Janeiro: 
Festa de São Sebastião em Guarani
Nos dias 19 e 20 de janeiro no povoado de Guarani é realizada a festa de São Sebastião padroeiro da comunidade.
Fevereiro/março: 
Carnaval
Por ocasião do carnaval são organizados dois ou três blocos com a participação dos jovens que além de desfilarem pelas ruas de Boa Saúde, costumam visitar as cidades vizinhas.
Junho: 
Festejos juninos
As festas juninas acontecem geralmente a partir de 12 de junho, prolongando-se até o dia 29, com maior ênfase na última semana do mês.
A rede escolar mantém as tradições juninas organizando quadrilhas e realizando arraias. A comunidade festeja mantendo viva a tradição das fogueiras e das comidas típicas, organizando quadrilhas e realizando animados forrós.
Setembro: 
Comemoração do 7 de setembro
No dia 7 de setembro a rede escolar comemora a independência do Brasil com desfile escolar apresentando alegorias alusivas ao evento e aspectos da cultura local e com a participação de banda de música, pelas principais ruas da cidade.
Dezembro: 
Emancipação Política
A emancipação política do município é comemorada no dia 11 de
dezembro, geralmente com alvorada estiva, apresentação de banda de
música, realização de ato solene comemorativo e apresentação de bandas
musicais.
Fonte: 
Livro: BOA SAÚDE - Origem e História
Autores: José Alaí de Souza e Maria de Deus Souza de Araújo
Editora: Gráfica Qualygraf
Ano: 2000
BOA SAÚDE - RN
População total: 9.011 hab (Censo 2010)
População urbana: 3.209 hab (35,6%)
População rural: 58022 hab (64,4%)
Área territorial: 187,21 km²
Distância da capital: 69 km
Região: Agreste Potiguar
Gentílico: Boasaudense
Emancipação: 11/12/1953
Rua Manoel Joaquim de Souza, 434 - Centro - Boa Saúde - RN
Telefones - (84) 3256-2206 - (84) 3256-2226 CNPJ 08.142.655/0001-06
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal